quarta-feira, dezembro 02, 2009

Ficaria com ele? [2]


e daquele grupo par ao retornar, Faziam inverso o caminho, e lá naquele mesmo lugar outra pessoa encontraram....

... Do mesmo corpo alto as características haviam mudado, os músculos ainda que curtos agora apresentavam tensão; a pele tornou-se avermelhada, como de quem tem raiva; o cabelo permanecia o mesmo; e o rosto agora possui uma feição fechada, pesada; os olhos transmitiam mistério e ódio e da cor escura o obscuro interior de um ser; o nariz agora apontava para cima; os lábios prestavam a apertar-se contra si.

E não haveria ninguém para chamar-lhe, já não poderiam reconhecer.
Aquele que estava ali se apresentava como fortaleza, na defensiva, uma barreira contra qualquer sentimento, contra fraquezas. É certo que não sofreria por nenhum problema mal resolvido... por nenhuma paixão, seria difícil, quem poderia querer... Texuco Blanche Castelan Marris[?]
O pouco tempo que esboçava um sorriso, um vestígio de alegria, perdia-se, recaia breve a amargura de um conhecido dele muito próximo.

E levava a vida com um bordão, "você vai sobreviver", dizia a si e ao Rodrigo. Vivia de modo para que fosse certa só a forma de sobreviver, que pudesse ter força e corpo, incorporar, tornar a estrutura de jeito a conseguir guiar... sobreviver.

E assim, durante aquele espaço de tempo, conheceram Mininu Nu.
Pensaram então em não mais olhar, mas do grupo de um par, alguém olhou, e não saberia julgá-lo...


[Poderia tentar?]


[Pensando em mim, por Rodrigo Cavaleiro]
Leia também: http://vocevaisobreviver.blogspot.com/2009/11/ficaria-com-ele.html

3 comentários:

TeXucoO disse...

Parece interessante.
Nem todos julgam meu caro. (:

Texuco Blanche Marris[?] [eu ri ahushauhsua]

Beijos

Stella Scrummiest disse...

Olha só, é de extrema importância ter uma frase que nos ajude! como a sua: "você vai sobreviver".. Mas, não é só dizer palavras ao vento, é querer sobreviver de fato, quero vencer, querer por querer, querer de todo o desejo e com toda a intensidade.
E não deixe que o pessimismo te corrompa e apague sua luz interior. Esse episódio passará.
Se cuida, beijos.

@liiereginato disse...

*--*