terça-feira, agosto 18, 2009

Objetivo, Coma Primeiro, Goste Depois e suas possíbilidades

Gostaria de comentar a viagem... está descrição abaixo, será levada a sério. E acredite, sim, vocês poderão ler os locais que passei, quase como Braile.
Como já dito, “A sorte sorri aos ousados”, e é isso que eu levarei para a vida. Como comentado no post anterior, prepararemos uma viagem pela América do Sul. Curta, porém válida. Nada comparado a possibilidade dos grandes executivos ou demais afortunados financeiramente, que como poderão ver em blogs caso os busquem.


Agora ao novo Post.

Quando se busca um objetivo, tomamos iniciativas que vezes retroagem todo o processo. Fica então curioso,

“Eu poderia agir como um louco, mas nunca poderia ter sido um idiota...”

Um novo comentário sobre mulheres. É fato, a vida é experimentar. Além disso: Seja o que for, há uma limitação humana vinculada ao “par”... Sim, não e Agora, nunca. Dessas possibilidades você já imaginou que é motivo de confiança e coragem ao tentar convencer alguma mulher ou a si sobre suas intenções [Word corrigiu assim com Ç], arriscar já sabendo dos 50% de chance da resposta ou resultado, você se sentirá preparado.



Com está estória auto-explicativa. Voltamos ao assunto:

COMA PRIMEIRO, GOSTE DEPOIS.
Ações e seus muitos resultados, mas todos práticos.


Vínculos PAR:
Alimentação, Acarajé “quente”, prove, e depois decida. Jamais perca a oportunidade de degustar uma coisa dessas.
Bens de Consumo, de grande valor, carro ou casa, escolha um, assumir os dois não é viável e é provável que só você não os consiga ter.
Estudo, é descobrir que ninguém é burro, só não tentou o suficiente, ou é burro mesmo, esse pode ser você.
Mulheres, se não comer na primeira oportunidade, tio, não haverá segunda.

Por razões obvias, não... não saia por assim sem razão com os sentimentos presos pensando em homosexualidade e culpando o blog.

O medo de arriscar e o sentir-se inibido com tudo que é novo fará sua vida monótona. Vá e experimente aquilo que você julgar fazer bem.

“Questão matemática,
Rodrigo tem 7 chocolates.
Rodrigo está interessado em “Joanecléia” [Nome fictício para Carla]
Rodrigo chega então, carinhosamente e oferece a Joanecléia: “QUER ?”
# Possibilidades de resposta:
Não ! [E suas variações, educadas ou não...]
Sim, quero um !
Sim, quero dois !
Sim, quero três !
Sim, quero quatro !
Sim, quero cinco !
Sim, quero seis !
Sim, quero todos ! [Neste momento repense se ela não vai engordar no futuro ou se é um pouco egoista]

Abra a sua mente, existem mais em suas ações do que você poderia ver...”

[Contos de Sala de Aula - L.M]

Um comentário:

Djanio disse...

I ai cara tudo bem?vc deu nota 7 para meu blog olha acho q vc foi muito jentil ,fiz meu blog a 2 dias,num sei muito sobre o mundo dos blogs mas o seu é muito bom eu daria 10,em pouco tempo quero deixar o meu assim to bom quanto seu..srsrs olha valeu..